Soprano Nádia Zanotello encerra temporada musical do CCLA dia 10 de dezembro

Em 2013, a soprano Nádia Zanotello ganhou o VI Concurso Estímulo para Cantores Líricos do CCLA-Secretaria de Cultura de Campinas-ABAL, na categoria de Melhor Intérprete de Ópera de Carlos Gomes. Desde então ela se projetou internacionalmente, fazendo curso em Paris e, atualmente, estudando em Leipzig, na Alemanha. Pois nesta quinta-feira, dia 10 de dezembro, a soprano fará uma apresentação no Centro de Ciências, Letras e Artes (CCLA), fechando com chave de ouro a temporada musical da instituição. Será às 20 horas, na Sala de Concertos do CCLA, com entrada gratuita.

Com a participação do tenor Arthur Raymundo, em duetos, e do pianista Chiquinho Costa, Nádia Zanotello interpreta canções francesas, lieds e, na parte final, enfrenta algumas das mais memoráveis árias de óperas para a voz de soprano. Nádia Zanotello foi a vencedora em 2013 do VI Concurso Estímulo para Cantores Líricos do CCLA-Secretaria de Cultura de Campinas-ABAL, na categoria de Melhor Intérprete de Ópera de Carlos Gomes.

Este é o repertório do recital da soprano Nádia Zanotello e do tenor Arthur Raymundo, com Chiquinho Costa ao piano: M. Ravel – Manteau des fleurs; H. Duparc – Au pays où se fait la guerre; H. Duparc – La Fuite – dueto com Arthur Raymundo; F. Schubert – Nur wer die Sensucht kennt – dueto com Arthur Raymundo; R. Schumann – In der Nacht – dueto Arthur Raymundo; R. Strauss – Wiegenlied; R. Strauss – Zueignung; A. Dvořák – Když mne stará matka; A. Dvořák – Měsíčku na nebi hlubokém – Rusalka; R. Wagner – Elsas Traum – Lohengrin; G. Puccini – Tu che di gel sei cinta – Turandot; G. Verdi – Morró, ma prima in grazia – Un ballo in Maschera ; F. Cilèa – Io son l’umile ancella – Adriana Lecouvrèr e Vittoria! Vittoria! – Colombo – A. Carlos Gomes.



O CCLA - Centro de Ciências, Letras e Artes é uma entidade cultural particular e sem fins lucrativos fundada em 31 de outubro de 1901, na cidade de Campinas/SP, por um grupo de cientistas, artistas e intelectuais que decidiram criar uma instituição em que se pudessem reunir para o estudo e a produção de atividades científicas e artísticas.